sexta-feira, 19 de junho de 2009

Coisas da Vida

" A história fala também que Deus criou o homem espelhando a sua prória imagem. Mas não há muitas coisas que provem isso. Afinal de contas, Deus fez o sol, a lua e as estrelas, mas tudo o que o homem faz é bobagem."

(Dra. Miranda, da série Grey's Anatomy)

4 comentários:

Edson Lariucci disse...

Olá amigo! Tudo bem com vc?

Veja bem, não pude deixar de comentar essa pequena frase que vc deixou postado aí no blog. Vamos lá então. Nesses últimos dias tenho feito uma parada no meu tempo corrido para repensar um monte de coisas, recobrar todos os sentidos mesmo, e uma das minhas reflexões veio de encontro a questão da maldade do homem perante essa suposta herança divina que dizem que nos caracteriza. Vou que o homem é aquilo que as suas escolhas o fazem, um misto mesmo, somos capazes das mais honráveis bondades e das mais funestas maldades. Deixo hoje aqui somente uma das minhas conclusões acerca das leituras que eu fiz, Jesus, de tão humano, nada mais fez do que nós mesmos poderiámos fazer, tirá-lo da idelização, e tornar-se luz, caminho e verdade para os outros é plenamente possível, eis o modelo extremamente Humano e próximo de nós mesmos.

"Tão humano, que só poderia ser Deus"

Boa Noite!
Abraços!

Sunflower disse...

acho a arte a mais bela de todas as bobagens.

Sophia disse...

Acho que Edson foi bastante feliz em suas colocações... O homem é representado pelas suas escolhas.
Eu ainda teimo em acreditar num ser superior (e isso nem sempre é uma tarefa fácil, vc bem sabe...) e creio sim que todos (pois é, mô bem, eu disse TODOS) os seres vivos, não só os seres humanos, têm uma centelha divina... mas minha afirmação pode ser relativizada (como tudo na vida) de acordo com a compreensão individual de divindade. Divino pra mim é tudo que me faz bem e não causa danos a mais ninguém. Simplista, vc diria, essa minha breve "definição". Simples pq eu hoje acredito demais na desconstruções de sofismas, sabe? Eu sou feliz passeando no parque na cidade, caminhando na praia, dançando sozinha em casa... isso pra mim é divino. PAZ, no sentindo humano e sensitivo da coisa, entende?
E se é que existe um Deus que nos criou e se é que fomos feitos à sua semelhança... temos a opção de expressar nossa divindade todos dos dias nos mais múltiplos mas não me culpo ou me sinto menor por te zilhares de defeitos e fazer bobagens mil............. sou humana, não fiz o sol, a lua, nem estrelas, nem o mar mas construo e descontruo minhas próprias constelações, me apago em mil ilusões tolas e 'reascendo' pq sou divina também, entende?
Cair e levantar... sobreviver, tudo isso transcende a humanidade, a meu ver.

Renata de Aragão Lopes disse...

Nem tudo...
De vez em quando,
criamos
sóis,
luas
e estrelas
- quase à semelhança. : )

Um beijo,
doce de lira