segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009


Cidade, um paraíso feito pela humanidade.


Expulso do Paraíso, o homem,órfão e à beira da morte, fugiu para sua existência terrestre.


O mais fraco dos seres, criado da sabedoria nascida desta fraqueza com o intuito de sobreviver no mundo, cria o seu novo Éden, alicerçado na rocha.


Para nos proteger do medo que a morte instiga, para saciar nossos descendentes com o prazer, criamos sozinhos um paraíso particular.

Um comentário:

Murillo Rodrigues disse...

Vagamos á busca de utros "èdens"...e nos deparamos com vários outros ´"édens":art´siticos, filosóficos, sexuais, emocionais...mas qual deles será o verdadeito?